Dragon Ball Z - o renascimento de F

Ficha técnica

  • Nome: Dragon Ball Z - o renascimento de F
  • Nome Original: Doragon bôru Z: Fukkatsu no 'F
  • Cor filmagem: Colorida
  • Origem: Japão
  • Ano de produção: 2015
  • Gênero: Animação
  • Duração: 93 min
  • Classificação: Livre
  • Direção: Tadayoshi Yamamuro
  • Elenco:

Avaliação do leitor

PéssimoRuimRegularBomÓtimo 2 votos

Vote aqui


País


Sinopse

Sorbet, um antigo guerreiro do exército de Freeza, que agora comanda o que restou das tropas, tenta ressuscitar seu líder, dilacerado por Goku e outro amigo saiyajin. Freeza renasce, com a ajuda das Esferas do Dragão, e seu primeiro desejo é vingar-se de seus assassinos.


Nota Cineweb

PéssimoRuimRegularBomÓtimo


Crítica Cineweb

16/06/2015

Um dos campeões – se não, o campeão – de popularidade no universo da cultura pop japonesa, Dragon Ball já conquistou milhões de fãs desde o lançamento de seu primeiro mangá, escrito por Akira Toriyama em 1984, que originaram a série de animes homônima (1986-1989) e sua continuação, Dragon Ball Z (1989-1996), fazendo sucesso em outros países, incluindo o Brasil, onde o desenho animado era companhia presente nas manhãs de várias crianças e adolescentes entre meados dos anos 1990 e 2000.
 
Mesmo com inúmeras reprises ao longo do tempo, a franquia continua aumentando seu público, pois, como se fosse revivida pelas Esferas do Dragão, ganha novas histórias na televisão – a série Dragon Ball Super (2015-) estreia mês que vem no Japão, como uma continuação das sagas Z que ignora os eventos da polêmica Dragon Ball GT (1996-1997) – e no cinema para saciar os saudosistas. A história do menino, e depois rapaz, saiyajin na Terra em sua jornada de lutas já foi levada às telonas quatorze vezes, não necessariamente de modo cronológico. Mas o 15º filme de DBZ traz uma história posterior ao último longa, Dragon Ball Z – A Batalha dos Deuses (2013), localizada entre os últimos volumes do mangá original.
 
O novo Dragon Ball Z: O Renascimento de F (2015) começa com a tentativa de Sorbet, um antigo guerreiro do exército de Freeza, que agora comanda o que restou das tropas, de ressuscitar seu líder, dilacerado por Goku e outro amigo saiyajin. Freeza, como o próprio título entrega, renasce, com a ajuda das Esferas do Dragão, e seu primeiro desejo é vingar-se de seus assassinos. No entanto, quando o vilão chega à Terra, Goku e Vegeta estão na morada de Bills, o deus da destruição visto no filme anterior, tendo aulas com Whis. Cabe aos amigos deles tentar conter o ímpeto desse poderoso ser, até que eles possam retornar ao planeta.
 
Sem estragar qualquer surpresa, é preciso dizer que a volta do maior vilão da série, para a alegria dos aficionados, é o grande destaque da animação. Sua batalha com o protagonista – embora o próprio tenha mais espaço que o guerreiro – coroa o clímax da história. Entretanto, somando todos os embates no decorrer do longa, dois terços são preenchidos por luta, o que todo fã espera, mas que igualmente ser considerado uma falha por um espectador comum desavisado. Outro possível estranhamento seria a impressão de que o filme nada mais é que um episódio estendido – e a simplória trama que dá base a todos os combates corrobora. Porém, quem acompanha a série sabe que a versão cinematográfica é bem mais enxuta do que o desenho animado, capaz de, por exemplo, estender os lendários cinco minutos restantes para a explosão do planeta Namekusei em um duelo final entre Goku e Freeza que durou cerca de 20 capítulos.
 
Outro foco do longa é na relação de Goku e Vegeta, cuja rivalidade sempre garante boas risadas. O humor, aliás, continua presente desde a primeira cena com o inferno de pelúcia onde Freeza está, além da adição de Jaco, o patrulheiro galáctico da série derivada, dar um frescor à história. No mais, os fãs podem ficar felizes com a volta dos dubladores brasileiros originais do anime e a opção de ver o filme em 3D, além das cópias tradicionais em 2D.

Nayara Reynaud


Trailer


Comente
Comentários:
  • 24/06/2015 - 17h04 - Por Sara É ótimo ver de novo esta manga, depois de um final de GT honestamente já tinha feito a minha mente para nunca mais ver Goku em uma história diferente. É ótimo , estou ansioso para a nova série . http://www.hbomax.tv/movies
Deixe seu comentário:

Imagem de segurança