American Ultra: Armados e Alucinados

Ficha técnica


Avaliação do leitor

PéssimoRuimRegularBomÓtimo 0 votos

Vote aqui


País


Sinopse

Mark e sua namorada Phoebe passam mais tempo fumando maconha do que fazendo qualquer outra coisa. Até que ele descobre ter sido treinado por um programa secreto da CIA, sendo capaz de matar qualquer pessoa sem muito esforço.


Nota Cineweb

PéssimoRuimRegularBomÓtimo


Crítica Cineweb

24/11/2015

American Ultra: Armados e Alucinados é basicamente um emaranhado de filmes transitando entre ação e comédia sem nunca saber direito o que é, ou gostaria de ser. Sem muita perspicácia para comédia, o roteirista Max Landis (Poder Sem Limites) e o diretor Nima Nourizadeh (Projeto X: Uma Festa Fora de Controle) se contentam com banhos de sangue e violência desenfreada.
 
Jesse Eisenberg é Mike, um balconista que passa a maior parte do tempo dopado com a quantidade de drogas que usa. Sem qualquer perspectiva na vida, mora com sua namorada, Phoebe (Kristen Stewart), cuja existência não é muito diferente da dele. A vida do casal muda quando uma mulher aparece na loja, dizendo palavras misteriosas e, a partir daí, o rapaz se descobre dono de habilidades e capaz de matar uma pessoa com uma simples colher.
 
A mulher é Victoria Lasseter (Connie Britton), treinadora de um programa secreto da CIA, do qual Mike fez parte, mas agora não se lembra. Ela o procura porque seu rival dentro da agência, Adrian Yates (Topher Grace), está eliminando os antigos agentes que não têm mais nenhuma função.
 
A fim de proteger seu pupilo, no entanto, ela libera a fera que existe dentro dele, que sai atirando para todo lado – matando para não morrer. O que segue, então, é um espetáculo de sangue e pancadaria que se torna tedioso ao se assistir à enésima pessoa morrendo com um utensílio de cozinha cravado no pescoço ou algo parecido.
 
Eisenberg e Kristen têm química, e a primeira hora de filme depende basicamente disso. Isso funciona até bem, enquanto seus personagens estão sendo apresentados, e o filme abre uma gama de possibilidades, para jogar todas fora, optando pelo tédio de 90 minutos que parecem bem mais, deixando para a animação dos créditos finais a criatividade que faltou em todo o longa.

Alysson Oliveira


Trailer


Deixe seu comentário:

Imagem de segurança