Círculo de fogo - A revolta

Ficha técnica


Avaliação do leitor

PéssimoRuimRegularBomÓtimo 0 votos

Vote aqui


Locais de filmagem


Sinopse

Filho do herói Stacker Pentecost, que morreu no combate aos alienígenas Kaijus, Jake não quer saber da vida militar. Passa os dias na farra, ganhando dinheiro do mercado negro de peças dos Jaegers, os robôs usados no combate aos Kaijus. Um dia, ele encontra Amara, uma adolescente que também coleta as peças só que está montando sozinha um pequeno Jaeger.


Nota Cineweb

PéssimoRuimRegularBomÓtimo


Crítica Cineweb

14/02/2018

Sequência da ficção científica de ação Círculo de Fogo (2013), o novo exemplar da franquia não inova muito na fórmula, feita sob medida para agradar a fãs de um filme que mais parece um videogame – o que certamente é proposital.
 
Diretor do filme original, Guillermo del Toro agora senta na cadeira de produtor e manda Steven S. DeKnight comandar o show. Estamos numa Terra que não sofre mais com a atividade destrutiva dos alienígenas Kaijus, que arrasaram quase tudo anos atrás, o que custou a vida de heróis que os combateram - como Stacker Pentecost (Idris Elba), piloto de um dos Jaegers, os gigantescos robôs usados em combate.
 
O que restou desses robôs é guardado em depósitos fortemente guardados, o que não impede a ação de diversos jovens que se especializaram em canibalizar suas peças, vendidas a bom preço no mercado negro. Este é o caso, por incrível que pareça, do próprio filho de Stacker, Jake (John Boyega), que abandonou a vida militar e passa os dias se divertindo com o que consegue arrecadar de seu comércio clandestino.
 
Neste rumo, seu caminho acaba se cruzando com uma adolescente, Amara Namani (Cailee Spaeny), que não só rouba essas peças como está construindo ela mesma um pequeno Jaeger que, ao contrário dos originais, só necessita de um piloto, ela mesma.  
 
Evidentemente, os talentos de ambos serão requisitados pelas autoridades diante de uma nova ameaça alienígena, atravessada por uma trama que aborda também escusos interesses industriais e algumas reviravoltas. Estão de volta alguns personagens do primeiro filme, como Mako Mori (Rinko Kikuchi) e os cientistas Newt Geiszler (Charlie Day) e Hermann Gottlieb (Burn Gorman), que finalmente terminam sendo mais interessantes do que a nova leva de recrutas de diversas origens étnicas que terá parte importante nas batalhas finais.
 
Círculo de Fogo – A Revolta evidentemente, é um filme feito para encher os olhos e ouvidos, cheio de efeitos especiais e sonoros. Por isso, sua duração de quase duas horas é um tanto excessiva, já que não há personagens humanos carismáticos o bastante em cena para torcer.

Neusa Barbosa


Trailer


Deixe seu comentário:

Imagem de segurança