O futuro adiante

Ficha técnica


Avaliação do leitor

PéssimoRuimRegularBomÓtimo 0 votos

Vote aqui


Locais de filmagem


Sinopse

Romina e Flor são amigas de infância. Depois de um tempo separadas, elas voltam a ver-se quando Flor, abandonando o noivo no México, volta à Argentina e se hospeda na casa da amiga, agora casada e mãe de um bebê. Retomada a intimidade, os conflitos também recomeçam.


Nota Cineweb

PéssimoRuimRegularBomÓtimo


Crítica Cineweb

26/09/2018

Romina e Flor são duas amigas de infância, que cresceram juntas na mesma escola, praticamente uma na casa da outra, compartilhando segredos, emoções, decorando falas das mesmas novelas de TV e os passos de coreografias pop. Depois de uma breve apresentação de suas protagonistas na infância, a diretora estreante Constanza Novick dá um salto no tempo e chega ao que realmente lhe interessa, retratando as duas na idade adulta.
 
O foco está na inversão das expectativas. Romina (Dolores Fonzi), que era brilhante na escola e escrevia muito bem, parece ter-se rendido à rotina. Tornou-se funcionária pública, casou-se, tem um bebê e mora numa casa de subúrbio em Buenos Aires. A tempestuosa da dupla passou a ser Flor (Pilar Gamboa), que repentinamente baixa na casa de Romina, vinda do México, onde largou de um impulso o noivo para trás.
 
Contando com duas atrizes muito empenhadas, o enredo desenha um duelo amistoso, um relacionamento que é cheio de atritos e altos e baixos, mas se recompõe na mesma medida. Flor, uma escritora de sucesso, segue as pulsões do momento, como quando se envolve com um motorista de táxi e some sem dar notícias à amiga que a hospeda. As duas brigam, mas, ao mesmo tempo, são as pessoas com quem podem contar mais no mundo, usando uma sinceridade que ao mesmo tempo as une e aparta.
 
Este dueto alterna situações engraçadas, ridículas, tensas, acompanhando suas protagonistas em relacionamentos que começam e acabam – mas os homens, aqui, são mesmo coadjuvantes ocasionais. Por trás desta dança de momentos, esboça-se de leve um painel da identidade feminina hoje, que não pretende atingir grande profundidade sociológica. Mesmo o humor no filme nunca é descabelado, é mais sutil, apoiando-se no jogo da atuação de duas intérpretes experientes e dispostas a ir adiante nele.

Neusa Barbosa


Trailer


Deixe seu comentário:

Imagem de segurança