Notícias

Mostra no CCSP discute inquietações do espaço urbano

Publicado em 06/08/18 às 17h04

O Centro Cultural São Paulo realiza, de 7 a 12 de agosto, a mostra "Um lugar ao sol", que pretende reunir filmes brasileiros recentes que tomam o espaço urbano como elemento de suas inquietações.
 
A programação, gratuita, reunirá 23 filmes (15 longas e 8 curtas) e contará com debates, mesa-redonda, sessão com LSE (legenda para surdos e ensurdecidos) e uma oficina.
 
Entre os destaques estão os filmes Era o hotel Cambridge (Eliane Caffé, 2016), Mate-me por favor (Anita Rocha da Silveira, 2015), Riocorrente (Paulo Sacramento, 2013) e produções de Adirley Queirós e de Kleber Mendonça Filho. "Nessas produções, a cidade constitui uma potente linha de força para perceber a vida social e seus conflitos e não é apenas cenário, mas elemento fundamental e estruturante. Tais filmes chamam a atenção, ainda, por não apenas representar espaços urbanos já existentes, mas enfatizar como, ao movimentar-se através do espaço real, o cinema acaba criando um novo espaço, e como é possível, assim, ocupar, intervir, recompor ou forjar as cidades", explica a curadora Natalia Christofoletti Barrenha.
 
O evento é realizado com apoio do ProAC, parceria do Centro Cultural São Paulo e da Secretaria Municipal de Cultura de São Paulo e produção da Buena Onda. A programação completa pode ser consultada no site: www.cinemaecidade.com.br.
 
PROGRAMAÇÃO
7 | terça-feira
15h00 - EM TRÂNSITO (Marcelo Pedroso, 2013, 18', livre) + UM LUGAR AO SOL (Gabriel Mascaro, 2009, 66', livre)
17h00  - NUNCA É NOITE NO MAPA (Ernesto de Carvalho, 2016, 6', 14 anos) + RIOCORRENTE (Paulo Sacramento, 2013, 79', 14 anos)
19h00 - ERA O HOTEL CAMBRIDGE (Eliane Caffé, 2016, 99', 12 anos) + Debate com a corroteirista Inês Figueiró e a atriz Carmen Silva. Mediação de Elen Döppenschmitt
 
8 | quarta-feira
15h00  - MATE-ME POR FAVOR (Anita Rocha da Silveira, 2015, 105', 14 anos)
17h00 - ESTAMOS TODOS AQUI (Chico Santos e Rafael Mellim, 2017, 20', 12 anos) + AVENIDA BRASÍLIA FORMOSA (Gabriel Mascaro, 2010, 85', livre)
19h00 - AQUARIUS (Kleber Mendonça Filho, 2016, 146', 16 anos)
 
Dia 9 | quinta-feira
15h00 - ENTRETEMPOS (Yuri Firmeza e Frederico Benevides, 2015, 7', livre) + RIOCORRENTE (Paulo Sacramento, 2013, 79', 14 anos)
17h00 - CAMPO GRANDE (Sandra Kogut, 2016, 108', 10 anos)
19h00 - NA MISSÃO, COM KADU (Aiano Bemfica, Kadu Freitas e Pedro Maia de Brito, 2016, 28', 12 anos) + BANCO IMOBILIÁRIO (Miguel Antunes Ramos, 2016, 65', livre) + debate com o cineasta Miguel Antunes Ramos. Mediação de Mariana Queen Nwabasili
 
Dia 10 | sexta-feira
15h00 - O SOM AO REDOR (Kleber Mendonça Filho, 2012, 131', 12 anos)
17h30  - MATE-ME POR FAVOR (Anita Rocha da Silveira, 2015, 105', 14 anos)
19h30 - ALUGUEL: O FILME (Lincoln Péricles, 2015, 16', livre) + A CIDADE É UMA SÓ? (Adirley Queirós, 2012, 73', 10 anos) + Debate com o cineasta Lincoln Péricles. Mediação de Natalia Christofoletti Barrenha
 
Dia 11 | sábado
15h00 - CASA GRANDE (Fellipe Barbosa, 2014, 117', 14 anos)
17h30 - Mesa-redonda com Cecília Mello, Marília-Marie Goulart e Regiane Ishii
19h30 - FOTOGRAMA (Caio Zatti e Luís Henrique Leal, 2015, 9', livre) + OBRA (Gregório Graziosi, 2014, 80', 12 anos). Sessão com legenda descritiva (LSE)
 
Dia 12 | domingo
15h00 - RAP, O CANTO DA CEILÂNDIA (Adirley Queirós, 2005, 15', livre) + BRANCO SAI, PRETO FICA (Adirley Queirós, 2014, 90', 12 anos)
17h00 - ESSE AMOR QUE NOS CONSOME (Allan Ribeiro, 2012, 80', 12 anos) + debate com o diretor. Mediação de Mariana Duccini
19h30 - JOVENS INFELIZES OU UM HOMEM QUE GRITA NÃO É UM URSO QUE DANÇA (Thiago B. Mendonça, 2015, 127', 16 anos)
 
Dias 14, 15 e 16 | terça, quarta e quinta-feira
16h00 - Oficina POR UM LUGAR DE SUBJETIVIDADE DA IMAGEM NA CIDADE, com Paula Nogueira Ramos
 
DEBATES
A corroteirista Inês Figueiró e a atriz Carmen Silva, de Era o hotel Cambridge, e os diretores Miguel Antunes Ramos (Banco imobiliário), Lincoln Péricles (Aluguel: o filme) e Allan Ribeiro (Esse amor que nos consome) estarão presentes debater com o público após a exibição de seus filmes. Mediação dos bate-papos por Elen Döppenschmitt, Mariana Queen Nwabasili, Natalia Christofoletti Barrenha e Mariana Duccini.
 
SESSÃO COM LSE
Os filmes Fotograma e Obra serão exibidos com legenda descritiva, também denominada LSE – legenda para surdos
e ensurdecidos.
 
MESA-REDONDA
Pesquisadoras da temática da cidade no cinema, Cecília Mello, Marília-Marie Goulart e Regiane Ishii conversam a respeito dos filmes da mostra sob diferentes perspectivas.
 
OFICINA
Por um lugar de subjetividade da imagem na cidade, com Paula Nogueira Ramos.
Nos dias 14, 15 e 16 de agosto, das 16h00 às 19h00, na Sala de Debates Caio Graco. Atividade gratuita com emissão de certificado. Inscrições pelo email buenaondaproducoes@gmail.com até o dia 13 de agosto.
 
SERVIÇO
Centro Cultural São Paulo
Rua Vergueiro, 1.000, Paraíso.
A bilheteria abre às 14h para retirada de ingressos das sessões do dia.

Outras notícias