20/02/2024
Drama

Moneyboys

Fei trabalha como garoto de programa, mas seu passado esconde uma história de amor mal resolvida. Com o dinheiro que ganha, sustenta sua família que vive no interior, que o rejeitará se descobrir sua homossexualidade.

post-ex_7

Chinês radicado na Áustria, CB Yi estreia na direção de longas com Moneyboys, um filme repleto de boas intenções e em busca da construção de uma narrativa e linguagem próprias, mas que não consegue superar as influências do cinema oriental minimalista contemporâneo.

Mais do que abordar a questão dos garotos de programa, a questão central para o diretor, que também assina o roteiro, é o impacto da migração da China rural para o ambiente urbano. Kai Ko interpreta o protagonista, Liang Fei, um jovem em negação da sua própria identidade homossexual.

O filme começa mostrando Fei em suas atividades de prostituição, o que preocupa seu namorado, Xiaolai (JC Lin). Mas é graças a esse trabalho que o protagonista consegue sustentar a família, que ainda vive no campo e, obviamente, não sabe como ele ganha a vida. Um incidente, no entanto, o obriga a abandonar seu companheiro.

Alguns anos depois, ele mora num apartamento mais elegante, atendendo um pequeno grupo de clientes por um alto valor. A família continua recebendo seu dinheiro, mas quando ele faz uma visita e o questionam sobre sua fonte de renda a tensão aumenta, pois preferiam ter um filho criminoso a um homossexual.

A boa fotografia de Jean-Louis Vialard, no entanto, está a serviço de uma narrativa rasa que não dedica muito esforço ao desenvolvimento dos personagens e conta apenas com o fator de denúncia social ligada à trajetória pessoal do protagonista. Seu único diferencial é abordar a homossexualidade na China, mas, ainda assim, fazê-lo apenas para dizer que o país tem uma sociedade homofóbica não é revelar nada de novo.

post