16/04/2024
Musical Documentário

Dona Lurdes - O filme

Dona Lurdes, da novela "Amor de Mãe", está de volta, e agora enfrenta o ninho vazio, depois que seu filho Ryan decide que é hora de morar sozinho. Ao lado de uma nova vizinha, que se torna sua melhor amiga, ela decide que pode aproveitar a vida.

post-ex_7

Uma espécie de coda da novela Amor de Mãe, Dona Lurdes: O Filme é para o público específico do televisivo. Para quem não assistiu à novela, o longa deve ser quase tão indecifrável quanto O Ano Passado em Marienbad. De qualquer forma, a narrativa começa com a personagem-título, interpretada por Regina Casé, falando para a câmera sobre seus filhos e filhas, atualizando seus destinos depois do capítulo final da novela em 2021. 

Dona Lurdes é uma mãe dedicada que vê os filhos e filhas como os e as melhores do mundo. O filme começa com Ryan (Thiago Martins) saindo de casa, indo morar sozinho, pela sugestão dos irmãos. Ao mesmo tempo, ela ganha uma nova vizinha, Zuleide (Arlete Salles), uma mulher barulhenta, chegando cheia de intimidade com a protagonista. 

Cristiano Marques é creditado como diretor artístico do longa, que é um filme estranho, não se encaixa bem como cinema, mas também não é novela - tanto que poderia ser exibido na Globo como um especial. Nos cinemas, é para realmente agradar aos fãs de Dona Lurdes. 

O formato está muito mais próximo da televisão, com sua necessidade de verbalizar tudo, mesmo que já esteja sendo mostrado com imagens. Mostrar não basta, é preciso dizer. É um filme extremamente falado, tudo se explica e se constrói com palavras, seja em diálogos ou na onipresente narração da protagonista, que enfrenta a síndrome do ninho vazio ao ficar sozinha em casa. 

Regina Casé está se especializando nessas personagens – seja a Val, de Que horas ela volta? ou Dona Lurdes. Seu carisma torna o filme suportável, embora a personagem seja um tanto exagerada em sua ingenuidade ou falatório. “De doce basta a vida”, diz ela. E que bom para ela! 

post