Mata-me de Prazer

Ficha técnica


País


Sinopse

Alice Loudon é uma americana que vive em Londres, onde trabalha numa empresa de marketing. Lá ela encontra casualmente Adam, um montanhista cuja namorada morreu durante uma escalada.
Em pouco tempo eles passam a dividir a mesma cama e, também rapidamente, decidem se casar. Durante a lua-de-mel, num local ermo, ele exige sua total submissão física, sexual e emocional. Depois, Alice passa a receber bilhetes anônimos perturbadores sobre o passado do marido.


Crítica Cineweb

14/01/2003

Embora escorado num bom elenco e com a direção do consagrado Chen Kaige, Mata-me de Prazer é apenas um sub-thriller erótico que macula o currículo do diretor de Adeus, Minha Concubina.

Quem já assistiu a Nove e Meia Semanas de Amor, de Adrian Lyne, não encontrará nada de novo na história de duas pessoas apaixonadas que deixam seus instintos à flor da pele guiarem seus atos. A diferença é que em Mata-me de Prazer, como entrega o óbvio título em português, sem a sutileza do nome original, tirado de uma canção de Roberta Flack, esse amor louco pode levar realmente à morte.

Alice Loudon (Heather Graham) é uma americana que vive em Londres, onde trabalha numa empresa de marketing. Lá ela encontra casualmente Adam (Joseph Fiennes), um montanhista cuja namorada morreu durante uma escalada.

Em pouco tempo eles passam a dividir a mesma cama e, também rapidamente, decidem se casar. Durante a lua-de-mel, num local ermo, ele exige sua total submissão física, sexual e emocional. Com o tempo, Alice passa a receber bilhetes anônimos sobre o passado do marido. Ela suspeita que ele tenha matado a antiga namorada e agora teme tornar-se sua próxima vítima.

Cineweb-6/12/2002


Comente
Comentários:
  • 03/09/2010 - 16h43 - Por Sabrine Montenegro Assisti o filme a pouco tempo e achei bom, realmente não é um filme apropriado nem para maiores de 16 anos, recomendo apenas para maiores de 18. As cenas de sexo são pesadas, e chocaria qualquer um que nunca fez sexo, mostra claramente o prazer sentido pelos personagens. Apesar de todos esses pontos, se você quer assistir o filme e tem a frequente prática de fazer sexo eu recomendo até assistir com seu parceiro, a historia é envolvente e possui um suspense irresistível.
    EU RECOMENDO!
Deixe seu comentário:

Imagem de segurança