Além da morte

Ficha técnica


País


Sinopse

Um grupo de estudantes de medicina querem investigar o que há depois da morte, e, para isso, induzem uma colega a uma parada cardíaca e a trazem de volta alguns minutos depois. A jovem se torna mais inteligente e perspicaz. Não custa muito e todos eles querem morrer por alguns minutos.


Nota Cineweb

PéssimoRuimRegularBomÓtimo


Crítica Cineweb

04/10/2017

Talvez fazer o remake de um filme ruim seja mais vantajoso do que de um filme bom – ou talvez seja desnecessário mesmo. A prova incontestável é Além da Morte, refilmagem ruim de Linha Mortal – um suspense de mediano a medíocre que trazia Julia Roberts, Kiefer Sutherland e Kevin Bacon em início de carreira, no começo da década de 1990.
 
Dirigido pelo dinamarquês Niels Arden Oplev (responsável pela versão original de Os Homens que Não Amavam as Mulheres), o filme trata de cinco estudantes de medicina que induzem uns aos outros a ter paradas cardíacas por alguns minutos para registrar a atividade cerebral enquanto estão “mortos”. Depois a vítima é reanimada pelos colegas e narra o que viu do outro lado. A ideia foi de Courtney (Ellen Page), que não tem nenhum interesse científico na empreitada, apenas quer travar contato com a irmã caçula que morreu numa acidente de carro, e a médica, que dirigia, se sente culpada por isso.
 
Quando ela volta da morte, não apenas tem uma aventura para narrar, como, inexplicavelmente, seu cérebro ficou mais poderoso. Ela lembra de coisas que esqueceu há anos, como a receita de pão de sua avó, e é capaz de diagnosticar qualquer paciente só de ouvir alguns dos sintomas. Não custa muito e logo os colegas também querem passar pela mesma experiência. Eles são um playboy (James Norton), que mora no seu próprio iate, uma jovem (Kiersey Clemons) pressionada para mãe castradora, uma outra (Nina Dobrev) que se revela eticamente condenável, e, por fim, um mais ajuizado (Diego Luna), que é chamado para ressuscitar um deles quando o plano falha.
 
Tudo isso ocorre no porão do hospital onde têm aulas, pois no porão do prédio há um outro hospital – nunca usado, inexplicavelmente – com leitos e aparelhos caros, como um de tomografia, o que permite aos estudantes registrar a atividade do cérebro nos primeiros minutos da morte de alguém.
 
Não há interesse científico ou pessoal que justifique a premissa sem pé nem cabeça do filme e, como ela não seguraria nem meia hora – que dirá os 110 desnecessários minutos! –, é preciso transformar Além da Morte em um filme de terror sobrenatural, quando os protagonistas descobrem que, quando voltam do outro lado, trazem consigo fantasmas do passado.
 
O elenco é esforçado, mas nenhum dos envolvidos dos dois lados da câmera parece realmente convencido de que o material merecia um novo filme. Nem Sutherland, que aqui aparece como um médico-professor que cobra demais de seus alunos, o que serve como uma desculpa pífia para justificar os experimentos.

Alysson Oliveira


Trailer


Deixe seu comentário:

Imagem de segurança