Entretorres

Ficha técnica

  • Nome: Entretorres
  • Nome Original: Entretorres
  • Cor filmagem: Colorida
  • Origem: Brasil
  • Ano de produção: 2020
  • Gênero: Documentário
  • Duração: 71 min
  • Classificação: Livre
  • Direção: Fabíola Buzim
  • Elenco:

País


Sinopse

São José das Torres é uma pequena cidade no Espírito Santo, que não tem uma história oficial documentada. Muito se conta sobre as origens do local, e a tradição oral permanece forte ali.


Nota Cineweb

PéssimoRuimRegularBomÓtimo


Crítica Cineweb

03/05/2021

Uma pequena cidade no Espírito Santo, São José das Torres, sua gente e a tradição oral que elas mantêm viva. Esse é o mote de Entretorres, documentário de Fabiola Buzin, que com um olhar carinhoso e curioso traça um panorama desse lugar que conta com pouco mais de 2,5 mil habitantes. O filme parte da ideia de um amigo, Jorge, professor, produtor cultural, diretor de teatro, e que “quer salvar a sua cidade do esquecimento.”  
 
O estilo livre, às vezes, despojado até demais, combina com a  proposta de fazer um registro casual, embora não superficial, dos moradores e suas histórias, e, principalmente, a tradição de se reunir em lugares públicos para contar ou encenar narrativas. O filme se aproxima de alguns moradores, visita suas casas e resgata suas trajetórias – como o casal que está junto há mais de meio século, o homem, conhecido como Joinha de Torres, que cresceu enfrentando padrões e o falatório de uma cidade pequena para assumir sua sexualidade, ou o próprio Jorge e sua preparação para a encenação da Paixão de Cristo.
 
“De quantas histórias é feita a história de uma cidade?”, pergunta-se a diretora. A resposta está na investigação que o filme faz sobre esse lugar. Torres é uma cidade sem um registro oficial, talvez isso seja causa – ou consequência – da forte tradição oral que existe ali. Ao documentar isso, Entretorres se torna um filme em primeira pessoa. Buzin se coloca em cena, apresentando-se aos moradores e às moradoras e se insere no cotidiano da cidade.
 
O resultado é um documentário generoso com seu objeto – embora alguns elementos pudessem ter sido mais explorados, como o próprio Pedro, citado no início, e que aparece algumas vezes –, e com uma curiosidade genuína em documentar uma cidade onde o registro parece existir de maneiras mais voláteis, como pela fala. Ao ganhar um filme sobre si, São José das Torres, uma cidade sem história documentada mas repleta de mitos, ganha um filme que registra sua gente e seus modo de vida.
 
Disponível gratuitamente em  youtube.com/fabulanas, entre 7 e 9 de maio. 

Alysson Oliveira


Trailer


Deixe seu comentário:

Imagem de segurança