Notícias

Mostra Betty Faria começa na quarta (22-9) e exibe 15 longas

Publicado em 21/09/21 às 08h42

Tem início nesta quarta (22-9) no CCBB-SP a Mostra Betty Faria - 80 anos, que apresenta 15 longas de diferentes períodos da história do cinema para homenagear uma das mais respeitadas atrizes do Brasil. Com curadoria de Leandro Pardi, ex-coordenador da Cinemateca Brasileira, a mostra reforça o compromisso da valorização e celebração do Cinema Brasileiro. 
 
Entre os destaques da programação estão o longa O Casal (1975) de Daniel Filho, que em seu lançamento fez mais de 1 milhão de espectadores nos cinemas, Jubiabá (1986), de Nelson Pereira dos Santos, baseado no livro homônimo de Jorge Amado, e Bens Confiscados (2004) de Carlos Reichenbach.  Ao longo de sua carreira, Betty Faria fez parcerias com alguns diretores como Cacá Diegues, com quem trabalhou em Bye Bye Brasil (1980), considerado um dos mais importantes filmes brasileiros de todos os tempos, e Um Trem para as Estrelas (1987), que participou da seleção oficial do Festival de Cannes e foi o representante brasileiro ao Oscar em 1987.  Outra parceria de sucesso foi com o diretor Bruno Barreto, com quem Betty trabalhou em A Estrela Sobe (1974), que será exibido na mostra em uma rara cópia em 35mm, e Romance da Empregada (1987), que terá exibições com recursos de acessibilidade (libras, áudio descrição e legenda descritiva).  
 
Filmes do início da carreira da atriz também integram a programação: O Beijo (1963), de Flávio Tambellini, baseado na peça de Nelson Rodrigues, e Os Monstros de Babaloo (1970), de Elyseu Visconti. 
 
Durante todo o período da mostra, dois filmes da programação ficarão disponíveis de forma online e gratuita para todo o Brasil através da plataforma Eventim: Perfume de Gardênia (1992), de Guilherme de Almeida Prado, no qual Betty contracena com Sérgio Mamberti, Christiane Torloni e Helena Ignez, e Marlene de Souza (2004), filme pouco conhecido da atriz em que ela divide a cena com a atriz portuguesa Maria de Medeiros, em locações em São Paulo, Rio de Janeiro, região do Piemonte e Paris.
 
A mostra realiza uma ação formativa através da masterclass ministrada pelo cineasta e programador Sergio Silva. “Filmografia Básica do Cinema Brasileiro’’ é uma oficina online sobre memória audiovisual e cinema brasileiro, utilizando análise de filmes, destacando as experiências que definiram o perfil da produção cinematográfica no Brasil e traçando uma breve filmografia básica sobre memória audiovisual e cinema brasileiro. 
 
O catálogo, que traz a filmografia completa e uma entrevista inédita da atriz, será disponibilizado de forma online e gratuita no site do CCBB. 
 
Betty Farias - 80 Anos
Patrocínio: Banco do Brasil
Curadoria: Leandro Pardi
Produção: Pinball Produções
Realização: Centro Cultural Banco do Brasil
 
Centro Cultural Banco do Brasil São Paulo 
Rua Álvares Penteado, 112 – Centro Histórico, Triângulo SP, São Paulo–SP
Aberto todos os dias, das 9h às 18h, exceto às terças.
Acesso ao calçadão pela estação São Bento do Metrô
Informações: (11) 4297-0600
Estacionamento Conveniado e Translado: O CCBB possui estacionamento conveniado na Rua da Consolação, 228 (R$ 14 pelo período de 6 horas - necessário validar o ticket na bilheteria do CCBB). No trajeto de volta, tem parada na estação República do Metrô
 
bb.com.br/cultura | twitter.com/ccbb_sp | facebook.com/ccbbsp | instagram.com/ccbbsp
ccbbsp@bb.com.br

Outras notícias